Planejando a festa de um ano

Fiquei numa lenga lenga danada pra fazer ou não a festa do Rafi de um ano. Pensei que neste final de ano, eu e minha família estaríamos melhores financeiramente. Eu queria fazer festa em Buffet com todos os priminhos, amigos e familiares num total de 120 pessoas. Mas não rolou e não vai acontecer.

O que consegui juntar de dinheiro e planejar, deu para reservar o salão do meu prédio, contratar uma fotógrafa, comprar descartáveis [copos, pratos, talheres, forminhas, guardanapos], comprar toalhas TNT, comprar lembrancinhas somente para as crianças, reservar dinheiro para comes e bebes, bexigas de latex, canudo de papel, saquinho para lanches..e mais alguns itens comuns em festas de crianças.

E no começo do mês de novembro que eu e o papai do Rafi decidimos não passar totalmente em branco a festinha de um ano do Rafi. Apertando algumas coisas (deixando de pagar outras..depois acertamos porque não vamos morrer)..vamos fazer uma festinha simples para os mais próximos, que são 50 pessoas (não tem como fazer menos, senão não seriam os mais próximos, minha família é enorme..só pelo lado da minha mãe tenho 300 tios e primos...olha a economia que eu fiz rs). 

Depois que acontecer a festinha dele, posso vir fazer um post com todos os itens e gastos da festa, incluindo comes e bebes, para vocês terem uma ideia de quanto gastar fazendo festa em casa. O tema é meio sem tema. Peguei um bolo fake emprestado e me baseei nele para os descartáveis e toalhas. O bolo comestível minha tia avó se ofereceu para fazer e ela sempre fez bolos para os aniversários da família, me lembro muito bem quando era pequena. São deliciosos. 

Aqui em casa estou anotando tudo para depois dar detalhes à vocês. E quem vai fazer um ano por aí? Beijos

Daniela Oliva Roma

Nenhum comentário:

Postar um comentário